Home » Dia » Liturgia de Sexta - 23-08-19 - Lucas 1,26-38

Liturgia de Sexta - 23-08-19 - Lucas 1,26-38

Evangelho do Dia

Aleluia, aleluia, aleluia.

Maria, alegra-te, ó cheia de graça, o Senhor é contigo; / és bendita entre todas as mulheres da terra! (Lc 1,28) – R.

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas – Naquele tempo, 26o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi, e o nome da virgem era Maria. 28O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!” 29Maria ficou perturbada com essas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”. 34Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso se eu não conheço homem algum?” 35O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado santo, Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37porque para Deus nada é impossível”. 38Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Esta memória litúrgica foi introduzida na Igreja pelo papa Pio XII, em 1954. Fixada para este dia, a celebração quis pôr em relevo a estreita ligação que há entre a dignidade régia da Mãe de Deus e sua Assunção aos céus (cf. Missal cotidiano). Ao longo da história da Igreja, muitas características foram acrescentadas ao título “Rainha”: “Rainha dos Apóstolos”, “Rainha da paz”… Não se trata de poder ou domínio atribuídos a Maria, mas de plenitude da bondade espiritual que ela derrama sobre a humanidade. Sua realeza é toda de ternura. O título “Rainha”, portanto, não estabelece distância entre Maria e a nossa pequenez. Ao contrário, lembra a vocação real de todos à dignidade de filhos e filhas de Deus, que Maria não só realizou em si mesma, mas que também nos ajuda a conseguir com seu ser e ação.

(Dia a dia com o Evangelho 2019 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp)

Fonte do texto dessa página: https://www.paulus.com.br/portal/liturgia-diaria

Texto desatualizado? Para atualizar, clique aqui.

Compartilhe e Indique:
Demais conteúdos:
» 30/12/2018 | Liturgia de domingo - 30-12-2018 – Sagrada Família de Jesus, Maria e José - (Eclo 3, 3-7.14-17a; Sl 127; Cl 3, 12-21; Lc 2, 41-52)
» 29/12/2018 | Liturgia de sábado - 29-12-2018 - (1Jo 2, 3-11; Sl 95; Lc 2, 22-35)
» 28/12/2018 | Liturgia de 6ª feira - 28-12-2018 – Santos Inocentes Mártires - (1Jo 1,5-2,2; Sl 123; Mt 2, 13-18)
» 27/12/2018 | Liturgia de 5ª feira - 27-12-2018 – S. João Evangelista - (1Jo 1, 1-4; Sl 96; Jo 20, 2-28)
» 26/12/2018 | Liturgia de 4ª feira - 26-12-2018 – Sto. Estêvão - (At 6, 8-10; 7, 54-59; Sl 30; Mt 10, 17-22)
» 25/12/2018 | Liturgia de 3ª feira - 25-12-2018 – Natal de Jesus! - (Is 52, 7-10; Sl 97; Hb 1, 1-6; Jo 1, 1-18)
» 24/12/2018 | Liturgia de 2ª feira - 24-12-2018 – (2Sm 7, 1-5.8b-12.14a.16; Sl 88; Lc 1, 67-79)
» 23/12/2018 | Liturgia de domingo - 23-12-2018 – 4º Domingo do Advento – Ano C – (Mq 5, 1-4a; Sl 79; Hb 10, 5-10; Lc 1, 39-45)
» 22/12/2018 | Liturgia de sábado - 22-12-2018 – (1Sm 1, 24-28; 1Sm 2, 1-8; Lc 1, 46-56)
» 21/12/2018 | Liturgia de 6ª feira - 21-12-2018 – (Ct 2, 8-14; Sl 32; Lc 1, 39-45)

[+] mais conteúdo
 
Total de mensagens escritas por usuários: 0
Deixe sua mensagem
Avaliaremos sua mensagem para depois liberá-la!
 
Nome:
E-mail:
Título:
Cidade:
Estado:
Mensagem:
caracteres

Receba o Vivências diariamente: -Evangelho -Recadinhos -Reflexões

*campo obrigatório